ANDO CHEIA DE SORTE…

Eu só queria que o mês de Dezembro fosse doce… mas… não está a ser fácil, aliás está a condizer bastante com o ano de 2017. Ok, eu não sou pessimista pelo contrário, mas posso-me queixar um bocadinho??

Este mês já quase que me aconteceu de tudo!! Eu até tenho medo de começar o 2018 ahahah. Passei o fim-de-semana adoentada, sem comer, com dores de cabeça, ou melhor enxaquecas, que não me deixaram dormir sequer. Já estava com tendência para emagrecer / perder volume devido a não andar a treinar com a regularidade de antigamente, mas acho que perdi uns quilinhos no fim-de-semana devido a essa má disposição toda, não foi nada agradável.

Depois de um fim-de-semana enfadonho, em que mal comi e descansei, volto ao trabalho mega positiva, porque tudo melhora é apenas uma questão de perspectiva. O trabalho corre bem, mas não é que ao sair do trabalho na ida para casa tenho um acidente?! Pois, lá se foi a semana positiva… Em plena Ponte Vasco da Gama dei um mega beijo ao carro da frente – não tinha um acidente há 12 anos – e este não foi meigo, fisicamente encontro-me bem, poucas mazelas mas o carro sofreu por mim. Mas só o meu porque o da frente nem parecia que tinha sofrido um acidente! Irreal, a ideia com que fiquei foi que tive um acidente sozinha! Airbags disparados, vidro frontal partido, frente partida, uma coisa irreal… o da frente sofreu quase que um arranhão na traseira e o pisca saltou fora do sitio, o mesmo foi prontamente colocado no sitio certo depois…

Enfim… o acidente foi à noite e as temperaturas não eram as mais agradáveis, estava um frio e vento desgraçados, esperei cerca de uma hora pelo reboque… obviamente fiquei doente! Ahahah claroooo era só o que me faltava! Dores de garganta, check!! Ainda não tinha ficado assim este ano, não poderia acabar o ano sem umas dorezinhas. Uhh Uhhh…

Vou ás finanças (como eu adoro ir às finanças – sqn)  já a pensar que iria ficar imenso tempo à espera, fui psicologicamente preparada, mas acabo por ser logo atendida, até pensei “bem… que sorte!”!! Mas obviamente foi fogo de vista, não me conseguiram resolver o problema, aliás depois de um mau atendimento em que foram super arrogantes comigo, disseram-me para entrar em contacto com os serviços via on-line para me resolverem o problema. Quer-se dizer, que os serviços on-line serão mais eficientes que os presenciais! Enfim… depois de voltas, telefonemas nada resolvido. Isto por um motivo: quem faz a cessação de actividade num ano, não poderá passar ato isolado no mesmo ano (nova lei malta….).

Hoje acordo ainda mais doente que ontem e cheia de dores no corpo, já não distingo se se são dores de estar doente ou pelo impacto do acidente. Um desastre, aquelas alturas em que só nos apetece enfiar a cabeça debaixo das almofadas e esperar que tudo passe ou melhor, o azar. Oh Dezembro!…

Masss vamos ser positivas não é?? O ano está a acabar e o balanço tem que ser sempre positivo, pode não ter sido o melhor ano da minha vida, mas trouxe-me muita coisa boa também.

O meu medo consta em estarmos apenas a meio do mês de Dezembro! Ainda faltam pouco mais de 15 dias para o mês acabar mas estou positiva, isto tem que acabar da melhor maneira!!

Beijos, Seni.

1 Response

  1. Catia Cardoso
    Responder
    16 Dezembro 2017 at 8:13 am

    Pensa que tudo passa, às vezes temos que passar por fases menos boas e depois vem a bonança! Beijinhos querida Seni

Leave A Reply

* All fields are required